Pesquisar na revista

» busca avancada
Página inicial
Editorial Artigos Autores Volume 12 - n° 1 Volume 11 - n° 2 Volume 11 - n° 1 Volume 10 - n° 2 Volume 10 - n° 1 Volume 9 - n° 2 Volume 9 - n° 1 Volume 8 - n° 2 Volume 8 - n° 1 Volume 7 - n° 2 Volume 7 - n° 1 Volume 6 - n° 1 Volume 5 - n° 1 Volume 4 - n° 1 Volume 3 - n° 2 Volume 3 - n° 1
Usuários Cadastrados
CPF:
Senha:
» lembrete

Volume 6
Numero 1

capa da edição
Editorial
Caros leitores,
Apresentamos a nova edição da Revista Gestão & Conhecimento referente ao primeiro semestre de 2012 (janeiro a junho). Com o apoio da FACET – Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas do Paraná, retomamos nesse ano a publicação regular das edições da revista.
Estamos iniciando as atividades da revista nesse ano com uma nova equipe editorial, da qual agora faço parte. Gostaríamos de aproveitar a oportunidade para agradecer a todos os nossos colaboradores dessa edição, em especial aos autores que contribuíram com suas pesquisas e nos deram a grata satisfação de divulgarmos aqui seus trabalhos. Nesta edição foram publicados sete artigos.
Iniciamos com ‘Framework de Inteligência Organizacional e Modelos de Monitoramento Informacional’ dos autores Hélio Roberto Hékis, Helena de Fátima Nunes Silva, Leilah Santiago Bufrem, Jamerson Viegas Queiroz e Fernanda Cristina Barbosa Pereira Queiroz. Esse trabalho tem como intuito “apresentar modelos de monitoramento informacional em diversos países, cujo planejamento e implantação resultaram em um conjunto de práticas, técnicas e ferramentas para o desenvolvimento da inteligência organizacional”.
O segundo trabalho, da Josiane Silva de Oliveira, ‘Representações do Corpo no Mercado Consumidor Brasileiro: Uma Análise dos Produtos Étnicos à Luz da Antropologia do Consumo’, propõe por meio de uma pesquisa qualitativa, “compreender como ocorre o processo de produção simbólica dos bens de consumo específicos às mulheres negras no Brasil, e como estes bens atuam como mecanismo de produção e reprodução cultural”.
O terceiro artigo, de Márcia Meira Berti Fiorin e Álvaro José Periotto, ‘Estudo da Utilização do Governo Eletrônico pelas Prefeituras Paranaenses das Regiões da COMCAM e AMUSEP’, teve seu foco no estudo da utilização do governo eletrônico, no que se refere a sua capacidade de fornecer serviços públicos online. O estudo em questão foi realizado nos sites de prefeituras paranaenses pertencentes às regiões da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (AMUSEP) e Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão (COMCAM).
O quarto artigo ‘Relacionamento Interorganizacional sob a Perspectiva de Gênero: O Caso de um Arranjo Produtivo Local Brasileiro’, da autoria de Júlio Ernesto Colla, Cristiano Molinari Bispo e Eduardo Damião da Silva, busca “examinar o perfil do relacionamento interorganizacional com finalidade de busca da informação estratégica sob a ótica do gênero do gestor principal no Arranjo Produtivo Local (APL) de Metais Sanitários de Loanda-Pr”. Os resultados da pesquisa apontam que “gestores e gestoras pensam de maneira diferente com relação à influência de determinados atores no seu processo de tomada de decisão estratégica no que diz respeito aos funcionários, comunidade e legislação”.
No quinto trabalho ‘O Nível de Disclosure dos Principais Municípios Brasileiros: Uma Análise Baseada nas Demonstrações Exigidas pela Lei de Responsabilidade Fiscal’, Diego Ribeiro Lima, Márcia Maria dos Santos Bortolocci Espejo e Moisés Prates Silveira, avaliam “o nível de disclosure na internet dos dados exigidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal entre os dez maiores municípios do país de acordo com o PIB-2006”. A partir dos resultados obtidos, os autores recomendam que “haja uma fiscalização mais intensa por parte dos órgãos governamentais”, a fim de que as irregularidades encontradas não persistam.
O sexto artigo ‘Pesquisa-Ação: Proposta Frente ao Desafio da Formação de Administradores Voltados à Sustentabilidade’, de Liliane Canopf e Jucelia Appio Tibola, trata-se de um ensaio teórico. A proposta é a de “promover discussão sobre pesquisa qualitativa e mais especificamente sobre a pesquisa-ação e sua relação com a formação de administradores”. No presente ensaio a pesquisa-ação é destacada “como método de pesquisa que possibilita a formação de administradores sensibilizados quanto à questão da sustentabilidade”.
E por fim, o sétimo trabalho, ‘Testando Aplicações de Banco de Dados com Análise de Instâncias de Dados Alternativas’, de João Carlos Garcia Árias, Maria Cláudia Figueiredo Pereira Emer e Silvia Regina Vergilio. A fim de detectar defeitos em esquemas e garantir a integridade dos dados por eles definidos, os autores propõem uma abordagem de teste baseado em defeitos, denominada, Análise de Instâncias de Dados Alternativas (AIDA). “A proposta é avaliada por meio de um estudo de caso, no contexto de aplicações de banco de dados relacional. A ideia é verificar a aplicabilidade e a eficácia da AIDA em revelar defeitos por meio do uso das instâncias de dados alternativas, geradas a partir do esquema do banco de dados, como entradas (dados de teste) para o teste da aplicação que manipula os dados descritos pelo esquema”.
Estamos trabalhando para realizar com maior eficiência a disseminação de pesquisas que tragam contribuição significativa para aqueles que leem nossas publicações. Nosso intuito é o de buscar melhoria contínua desse periódico.
Desejamos uma boa leitura a todos!
Cordialmente,
Cristiane Marques de Mello
Editora-Chefe
REVISTA GESTÃO E CONHECIMENTO
Publicação semestral da Faculdade FACET
Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas do Paraná
Volume 6 , n°1 - jan/jul 2012
ISSN 1677-9762
Faculdades FACET - Revista Gestão e Conhecimento | volume 6 - número 1
Licença Creative Commons
Revista Gestão e Conhecimento da FACET Faculdades está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição- CompartilhaIgual 4.0 Internacional
.
Baseado no trabalho disponível em http://gc.facet.br/index.php.